LOGODO


recentes

POSTAGENS

Mostrando postagens com marcador cachaça. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cachaça. Mostrar todas as postagens

Vinagrete de Cebola

vinagrete de cebola ana claudia na cozinha









Gosta de Vinagrete de Cebola? Já provou? Hoje vou ensinar uma versão que quase pirei quando achei no Figos e Funghis pois a minha forma de preparar era diferente.

Testei na primeira oportunidade e como imaginava ficou perfeito, a cebola fica adocicada e não tem sabor de cachaça, muitas pessoas deixam de molho no leite o que também pode ser feito caso não queira de forma alguma usar bebida alcoólica,

Tanto a cachaça como o leite são usados para retirar a acidez da cebola.

O vinagrete de cebola é muito servido em restaurantes junto com outras saladas, um acompanhamento perfeito para churrascos.

Vamos à receita:

Vinagrete de Cebola com Cachaça:

Ingredientes:
3 cebolas grandes picadas em rodelas finas
1 dose de pinga ou cachaça (50 ml)
1/2 xícara de chá de azeite de oliva exrta virgem
3 colheres de sopa de água filtrada
1 colher de chá de orégano desidratado
Pimenta do reino
Sal a gosto

Modo de Preparo:
Deixe cebola em água gelada por 15 minutos.

Escorra a água e regue a cebola com a cachaça, acrescente a água, o azeite de oliva, a pimenta e o sal.

Misture muito bem, acrescente o orégano. deixe na geladeira até servir.

Preferi deixar marinando por 3 horas até servir.

Como minhas cebolas eram bem grandes acabei aumentando a quantidade de água e azeite. A proporção de cachaça deixei a mesma.

OBS: se for substituir o leite pela cachaça utilize 1/2 xícara de chá.

vinagrete de cebola com cachaça








Receita receita adaptada daqui

Para acompanhar o seu churrasco que tal conhecer XIXO? O espetinho mais saboroso que já comi e molho de alho para deixar de comprar aquelas bisnagas que vende nos açougues e supermercados cheios de sódio e conservantes.




Risoto na Panela de Pressão com Legumes Grelhados


Olá amores e amoras, como vão? Hoje a sugestão é um delicioso e prático RISOTO NA PANELA DE PRESSÃO que nossa musa Rita Lobo preparou algumas semanas atrás.
Muito saboroso, os legumes ficaram sensacionais, amamos.
Não utilizei a mesma forma de preparo, pois ela fez um caldo de legumes caseiro e eu utilizei um caldo que tenho em casa sem conservantes.
Para saber como ela preparou passo a passo acesse esse link AQUI.
Esse tipo de preparação de risoto já entrou para a lista em casa, é muito rápido e vc ainda tem um prato saboroso e pode utlizar os ingredientes que quiser para incrementar já que esse risoto serve de base para outras combinações.
Use a imaginação e delicie-se.

Observação: Os legumes assei na churrasqueira já que estávamos com ela acesa, ficou muito bom!!

Ingredientes:
Risoto:
2 xícaras de chá de arroz arbóreo
1 litro de água fervente
1 colher de sopa de azeite
1/2 xícara de chá de queijo parmesão ralado
2 colheres de sopa de manteiga

2 caldos de legumes em pó
Sal
1/2 xícara de chá de cachaça (pode ser vinho branco ou suco de laranja)


Legumes:
1 cebola roxa (usei branca) cortada em 4
1 xícara de chá de tomates grape cortados ao meio
200 gramas de vagem inteiras
1 pimentão amarelo em fatias largas
Azeite
Sal
Pimenta-do-reino moída na hora 

Modo de Preparo:
Legumes:
Pincele azeite nos legumes, reserve. Aqueça uma bistequeira em forno médio antiaderente, 
Coloque os legumes aos poucos e deixe por cerca de três minutos ou até ficar tostadinho, o tomate leva menos tempo para ficar pronto.
Vire os legumes para que fiquem tostadinhos por igual. 
Pode também utilizar alho poró, cenoura, couve flor, couve de bruxelas.
Depois que retirar os legumes tempere com o sal (usei sal grosso moído na hora) e pimenta do reino a gosto.
Reserve.

Risoto:
Aqueça uma panela, em fogo médio coloque o azeite, refogue a cebola, o arroz misture bem para o azeite envolver bem os grãos, acrescente a cachaça e deixe secar.
Junte a água, o caldo, tampe a panela aumente o fogo, conte assim que pegar pressão 3 minutos, 
Desligue o fogo e retire a pressão com a ajuda de um garfo levantando a válvula.
Abra a panela, coloque o queijo e a manteiga, mexa bem até encorporar, acerte o sal.
Sirva com os legumes grelhados.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: NA PANELA DE PRESSÃO QUE UTILIZEI O COZIMENTO LEVOU 7 MINUTOS, ABRI COM 3 E NÃO ESTAVA PRONTO. CREIO QUE COM 6 ELE TERIA FICADO MAIS CREMOSO.


Com esses deliciosos legumes não tem preparação que não fique deliciosa, não é??
Já preparei eles novamente para comer com grelhado.

Sopa Creme de Pinhão




Olá amores e amoras, como vão? Com o tempo frio nada melhor do sopas e caldos não é?

A infinidade de sabores que podemos preparar é sensacional. É só usar a criatividade e pronto, mais uma delícia.

Dessa vez aproveitei que estamos em uma safra muito boa de pinhão e resolvi preparar essa sopa incrível e saborosa.

Pulo do gato:

Quer ter pinhão por mais tempo fora da safra? Congele.

Coloque em embalagens, feche, leve ao freezer quando for cozinhar coloque em água quente e cozinhe. (faço isso e tenho pinhão ainda por um bom tempo)

Ingredientes:
300 gramas de pinhão cozido e descascado
1 litro de água fervente
1 sachê de caldo em pó de legumes
40 gramas de bacon bem picadinho
1/2 cebola pequena picada
2 dentes de alho amassados ou tempero multi uso
Azeite
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 caixa de creme de leite
Pimenta vermelha picada a gosto
30 ml de cachaça (opcional)

Modo de preparo:
Aqueça uma panela e frite o bacon até dourar, acrescente a cebola, o alho, se necessário coloque um pouco mais de azeite, acrescente a pimenta e o pinhão, a cachaça, refogue por alguns minutos, acrescente a água, o caldo de legumes e deixe cozinhar por mais ou menos 10 minutos,

Desligue o fogo, bata no liquidificador (COM MUITO CUIDADO POIS ESTARÁ MUITO QUENTE), com a farinha de trigo ou se preferir use um mix diretamente na panela.

Volte a mistura à panela, mexa até engrossar, acerte o sal, acrescente o creme de leite, misture bem e desligue o fogo.

Sirva à seguir.



Um grupo de amigos blogueiros do qual faço parte resolveu criar o COLETIVO GASTRONÔMICO para fazermos postagens para trazer mais opções de um tema a ser escolhido, como estamos no inverno o primeiro foi SOPA.
Um projeto muito interessante que nos levará a sabores diversos e com certeza para nós blogueiros muito aprendizado e para nossos leitores diversificação do tema.

Se gosta de sopa dá uma olhada nos links abaixo do grupo Coletivo Gastronômico, são inúmeras sugestões para não cair na mesmice do dia a dia.

Não deixe de visitar e delicie-se:

Se eu Fiz Vc Faz - Creme de Abóbora e Gorgonzola


My Flavor - Creme de Couve Flor, Ervilhas Frescas, Repolho Roxo e Tiras de Frango


A Casa Encantada - Sopa de Mandioca com carne seca e couve


O Que Temos Hoje Elisa? - Pequeno Festival de Sopas


Gastronomia & + - Caldinho de Feijão


Minha Marmita Tem - Sopa Irlandesa


Artes da Mel - Creme de Feijão Branco com Linguiça


Better Call San - Creme de Batatas Aveludado com Bacon


Cozinha da Gertrudes - Sopa Vermelha


Panela e Paixão - Sopa de Capeletti e Linguiça


Burburinho na Cozinha - Caldo de Camarão


Feijão no Prato - Sopa Creme de Legumes e Nata


Delicious By Mari - Sopa de Chocolate


Experimente + - Sopa Creme de Abóbora japonesa


Gordices - Caldo Verde


Mosaico de Receitas - Caldo Verde


Post atualizado em 28/07/2015












Festival de Coquetéis


Bom dia amores e amoras, as festas estão aí.
O Natal chegando, o fim do ano também, por isso trouxe uma seleção de coquetéis para vocês se inspirarem e prepararem nas comemorações.
Temos uma turma que se reúne que gostam muito de coquetéis, então sempre estamos procurando novidades e preparações diferentes e já estão rolando novos testes... rs
Espero que gostem e aproveitem, mas bebam com moderação!!










Caipirinha de Carambola e Maracujá


Bom dia amores e amoras, hoje trago mais uma deliciosa caipirinha, a mistura de carambola e maracujá deixa mais suave com um sabor sensacional.

Nas nossas reuniões de amigos nunca falta algum tipo de drink, Aqui nesse link estão todas as nossas postagens de caipirinhas e sakeritas que temos no blog.

Nas minhas caipirinhas eu uso e abuso na quantidade das frutas por isso o sabor fica sempre bom demais.

Ingredientes:
1 a 1/2 carambola em fatias
polpa de um maracujá tamanho médio
2 colheres de sopa de açúcar
1 dose de cachaça ou vodca
Gelo a gosto

Modo de preparo:
Em uma coqueteleira ou copo alto, coloque as frutas com o açúcar, macere rapidamente, acrescente a cachaça e se for na coqueteleira chacoalhe, se for em copo misture muito bem,

Acrescente gelo e sirva imediatamente.



Bolinho de Pinga


Bom dia, esse bolinho de pinga tem sabor e história e infância, a minha vó Rosário mãe de meu pai fazia comidinhas deliciosas, esse bolinho comemos enquanto ela pode cozinhar.
Nem sei como deixei passar de trazer essa receitinha para vocês, pois sempre que tenho tempo estou preparando, eles são deliciosos e não se preocupem, pois não fica com teor alcoólico.
Lembro das canecas de ágata vermelha onde tomávamos o café com leite e ainda comíamos pão com açúcar ela cortava as bengalas em fatias e mergulhava no açúcar para nós era festa.
A minha receita está escrita com a letra dela.
Meu pai tem um caderninho de receitas dela  que é um primor, ela adorava desenhar nas folhas, me lembro que ela fazia as rendinhas para enfeitar as prateleiras de armário com papel de presente, era tudo tão lindo, ela chegou a me ensinar como fazia, mas eu não lembro mais, ela fazia bonequinhos grudados um no outro do mesmo jeito que fazia as rendinhas.

Queria pedir desculpas pela ausência de postagem, mas esta última semana foi muito corrida e ainda estou me recuperando de uma gripe, em breve vou contando tudo que andamos fazendo, quem me acompanha pela Fanpage, Instagram e Twitter acabou sabendo das novidades em primeira mão. 

Ingredientes:
3 ovos
farinha de trigo
manteiga
fermento

Outros ingredientes:
Açúcar
Pinga (diluída na mesma proporção de água, se preferir mais forte diminua a quantidade de água)
Óleo para fritar

Os bolinhos recém fritos

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes menos a farinha com um fuê ou colher até estar tudo misturado.
Acrescente a farinha aos poucos até dar o ponto de enrolar igual nhoque.
Faça rolinhos de massa e vá cortando igual nhoque.
Frite em óleo quente, escorra e deixe esfriar.
Misture a pinga com a água em uma vasilha, coloque açúcar em outra e vá passando os bolinhos na cachaça e depois no açúcar.
Sirva a seguir.

Receita dada pela minha avó há muitos anos

Na lateral do blog você tem as opções de me seguir nas redes sociais.


Picanha Suína na Cachaça com Chutney de Tomate Verde


Bom dia amores e amoras, começando mais uma semana curta e agitada, temos o jogo do Brasil  na terça e feriado na quinta feira.
Fui convidada pela empresa Chef Mineirim para desenvolver uma receita para o Chutney de Tomate Verde, depois de algumas ideias e tentativas achei que essa foi a receita ideal para ser sugestão de consumo na embalagem.
A picanha ficou macia e saborosa e servida com o delicioso chutney, ficou espetacular.
Recomendo, clique e conheça o site: Chef Mineirim.

Ingredientes:
1 picanha suína aproximadamente 1.200 kg
1 colher de sopa de sal
1 folha de louro
3 colheres de sopa de alho picado
100 ml de cachaça
2 colheres de sopa de mostarda
Suco de meia laranja
2 colheres de sopa de molho inglês
Pimenta dedo de moça a gosto
1 vidro de chutney de tomate verde Chef Mineirim


Modo de preparo:
Faça furos com um garfo por toda a picanha para pegar o tempero, reserve. Em uma tigela misture os ingredientes do tempero. Coloque a carne em um saco plástico junte o tempero, feche o saco e faça com que o tempero se espalhe por toda a carne. 
Leve à geladeira por no mínimo doze horas. (vire a carne na metade do tempo para o tempero pegar por igual). Preaqueça o forno a 200 graus. Coloque a carne em uma assadeira levemente untada com azeite, cubra com papel alumínio leve ao forno até estar assada e macia, regando com o tempero de vez em quando. Retire o papel alumínio e deixe dourar. Deixe a carne descansar 10 minutos antes de fatiar. Sirva com o chutney de tomate verde Chef  Mineirim. 




Este post não é patrocinado.

Imagem da embalagem

Receita da embalagem #orgulho

Coxinha de Asa de Frango Assada com Molho Agridoce de Cachaça


Bom dia amores, mais uma semana começando e para quem vai curtir os jogos da copa trago uma sugestão muito fácil e saborosa.
Essas coxinhas já fazem parte do nosso cardápio há muito tempo, sempre variamos nas combinações dos temperos mas essa é a base.
Belmiro Junior preparou para servir com esse delicioso molho de cachaça agridode Chef Mineirim que recebemos de presente.
Recomendamos é muito bom.
Visite o site aqui: Chef Mineirim e delicie-se.

Ingredientes:
1 quilo de coxinha de asa de frango
2 colheres de sopa de mel
3 colher de sopa de shoyu
2 colheres de sopa de mostarda
1/4 de xícara de chá de água2 colheres de sopa de cachaça
4 dentes de alho amassado
Pimenta branca a gosto
Sal se necessário

Acompanhamento:
Molho de cachaça agridoce Chef Mineirim

Modo de preparo:
Tempere a coxinha da asa com todos os ingredientes e deixe marinando por no mínimo 1 hora na geladeira. (Prefiro deixar de um dia para o outro para tomar mais gosto)
Unte uma forma e leve para assar até dourar.

Sirva com o Molho Agridoce de Cachaça.


Est post não é um publieditorial.

Pastel Caseiro





Fazia um bom tempo que queria preparar pastel com massa caseira, outro dia vi essa receita no Facebook, na tl da Lou Marie, anotei a receita e pensei que essa seria minha estréia. Não me decepcionei, ficou simplesmente demais, a massa fica saborosa e sequinha, mesmo no dia seguinte.

Garanto que não se arrependerá se quer uma receita deliciosa de pastel.

Pode ser uma excelente opção de lanche para seu final de semana.

Ingredientes:
2 xícaras de chá de farinha de trigo peneirada
1 colher de sopa de cachaça
1/2 colher de chá de sal
1 colher de sopa de óleo de soja (na receita original é banha de porco)
1/2 xícara de chá de água
1/2 colher de sopa de manteiga sem sal




Modo de preparo:
Em uma tigela coloque a farinha e o sal, aqueça o óleo em uma concha e despeje quente na massa misturando com uma colher.

Leve a água com a manteiga para aquecer, despeje na mistura e continue mexendo com a colher (pois estará quente), acrescente a aguardente e sove até formar uma massa lisa e desgrude das mãos.

A massa ficará firme.

Deixe descansar por 10 minutos e abra a massa com cilindro ou pau de macarrão, modele os pastéis recheando a gosto.

Usei essa receita aqui de carne refogada com ovo cozido e muçarela ralada.

Frite em óleo quente e sirva imediatamente..

Renderam 13 pastéis pequenos.


Quentão





Vamos que vamos que mais uma semana está começando!

O arraiá ta bão por aqui, a sugestão de hoje é quentão.

Eu simplesmente sou apaixonada por essa bebida que aquece a alma, nas festas juninas não pode faltar, ele é figurinha carimbada e muito apreciada.

O detalhe é que foi minha secretária do lar que preparou, a Geni ela está comigo há muitos anos, na minha opinião não existe quentão mais gostoso que o dela, por isso pedi para ela preparar para podermos degustar e mostrar para vocês.

Preparando o post já fiquei com vontade de tomar de novo... kkkkkkkkkkkkkkkkk



Ingredientes:
50 gramas de gengibre
150 gramas de açúcar
3 paus de canela
250 ml de cachaça
500 ml de água
Modo de preparo:
Caramelizar o açúcar e o gengibre juntos, depois colocar a canela e a água deixando ferver.

Coloque a pinga deixar ferver por aproximadamente mais 5 minutos e sirva.

Retire uma parte do gengibre para não ficar forte demais.









Boa semana!!!











Minhon Suíno com Shitake e Cachaça





Nada melhor do que elaborar um jantarzinho gostoso para um sábado à noite com o maridão.

Essa receitinha é do Programa Jogo de Cintura.

Para acompanhar fiz um risoto de açafrão e queijos

Receitinha rápida e fácil.

Ingredientes:
300 gramas de minhon suíno
150 gramas de shitake
1 cálice de Cachaça (pode ser substituído por sakê)
Sal a gosto
Pimenta moída na hora
Suco de um limão
3 colheres de sopa de shoyu
Alho fatiado para refogar o shitake (opcional)
Manteiga

Modo de preparo:
Cortar o minhon em fatias de 2 centímetros, mas não cortar até o final.

Temperar o minhon com sal, pimenta, limão (não resisti e coloquei um pouco de tempero multi-uso).

Deixar marinar duas horas.

Dourar na manteiga o minhon, sempre em fogo baixo, tampe e deixe cozinhar por 15 minutos, acrescentando água aos poucos para não queimar a manteiga.

Colocar o minhon de lado na panela, colocar o shitake e o alho, deixar refogar um minuto, misturar a carne e refogar por mais 5 minutos.

Em seguida colocar a cachaça e flambar, colocar o shoyu, mexer e servir.

Sugestão de acompanhamento: rúcula ou agrião com torradas.

Minha preferência foi um belo de um risoto para acompanhar.
































Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...